Médica é encontrada desacordada no estacionamento do UDI



A médica Hermana Maranhão, 31 anos, foi encontrada desacordada por um vigilante na noite de sexta-feira (13) no estacionamento do Hospital UDI. Ela encontra-se com morte cerebral e teria sido uma tentativa de suicídio, por ingestão de medicamentos.



A médica, que é filha da Doutora Hilda Maranhão, deixou uma carta de despedida para a família. Amigos mais próximos informam que esta foi a segunda vez que ela tentou o suicídio e que enfrentava uma fase aguda de depressão.

Ela era médica radiologista e atendia no hospital UDI.

Em breve novas informações