Presos suspeitos de envolvimento em assalto aos Correios de Humberto de Campos

Duas pessoas foram presas na tarde desta quinta-feira (02) suspeitas de assalto aos Correios da cidade de Humberto de Campos, a 150 quilômetros da capital.
De acordo com o delegado regional de Barreirinhas, Cristiano Morita, duas pessoas estão foragidas. Além dos pertences dos clientes, os suspeitos roubaram um notebook da agência e quantia em dinheiro que não foi revelada.
Após José Jairo Lopes Anchieta e Raimarildo Rodrigues dos Santos, o Gatinho, serem autuados pelo roubo às vítimas os autos serão encaminhados para a Polícia Federal, que irá prosseguir com as investigações. Os dois seriam moradores da Vila Operária em São Luís. Segundo informações da Polícia Civil, a agência não tem sistema de videomonitoramento.
As equipes do 27° Batalhão de Polícia Militar também estão cercando uma área de vegetação por onde os foragidos teriam se embrenhado.

OUTROS CASOS
Em Buriticupu, a 390 quilômetros da capital, bandidos fortemente armados explodiram nesta quarta-feira (1°) uma agência do Bradesco. Eles usaram pessoas que passavam pelo local como escudo humano, explodiram a agência por cerca de quatro vezes, mas não conseguiram levar nenhuma quantia. Um dos veículos usados na ação foi incendiado, nenhuma vítima foi ferida. Seguem as buscas pelo bando.
Já na cidade de Presidente Juscelino, a 85 quilômetros da capital, o vigilante dos Correios foi baleado durante tentativa de assalto à agência no dia 20 de julho. Dois suspeitos teriam entrado na agência, um deles armado. Eles teriam ido direto no vigilante, atirado nele e roubado a arma. A dupla fugiu do estabelecimento sem levar quantia em dinheiro. Um dos suspeitos já foi preso.