Mais de 2/3 dos deputados na Assembleia Legislativa serão da base de Flávio Dino

Levando em consideração o partido dos deputados eleitos e a coligação com Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2018, o governador reeleito do Maranhão terá maioria na Assembleia Legislativa a partir de 2019.

Durante a campanha, Dino contou com o apoio do PCdoB, PDT, PRB, PPS, PTB, DEM, PP, PR, PTC, PPL, PROS, AVANTE, PEN, PT, PSB e Solidariedade. Desses partidos saíram 30 dos 42 deputados estaduais eleitos. Além disso, os dois partidos com maior número de deputados eleitos fizeram parte do grupo que reelegeu o governador.

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) terá a maior bancada, com sete deputados; em seguida está o partido de Flávio Dino, o PCdoB, com seis deputados, sendo dois novos e quatro que conseguiram se reeleger. Veja a lista dos deputados eleitos dentro e fora da coligação de Flávio Dino nas eleições 2018.

Deputados dentro da coligação e que farão parte da base de Flávio Dino em 2019

Cleide Coutinho (PDT)
Márcio Honaiser (PDT)
Rafael Leitoa (PDT)
Glalbert Cutrim (PDT)
Yglésio Moisés (PDT)
Fábio Macedo (PDT)
Ricardo Rios (PDT)
Duarte Jr. (PCdoB)
Othelino Neto (PCdoB)
Carlinhos Florêncio (PCdoB)
Professor Marco Aurélio (PCdoB)
Ana do Gás (PCdoB)
Adelmo Soares (PCdoB)
Neto Evangelista (DEM)
Andreia Rezende (DEM)
Paulo Neto (DEM)
Daniella Tema (DEM)
Antônio Pereira (DEM)
Detinha (PR)
Vinícius Louro (PR)
Hélio Soares (PR)
Fernando Pessoa (Solidariedade)
Rildo Amaral (Solidariedade)
Helena Duailibe (Solidariedade)
Drª Thaiza (PP)
Ciro Neto (PP)
Marcelo Tavares (PSB)
Edson Araújo (PSB)
Zé Inácio (PT)
Mical Damasceno (PTB)

Deputados fora da coligação e que farão parte da base de Flávio Dino em 2019

Zé Gentil (PRB)
Leonardo Sá (PRTB)

Deputados fora da coligação de Flávio Dino e serão oposição em 2019

Adriano Sarney (PV)
Rigo Teles (PV)
César Pires (PV)
Wellington do Curso (PSDB)

Deputados fora da coligação de Flávio Dino e ainda não definiram apoio para 2019

Arnaldo Melo (MDB)
Roberto Costa (MDB)
Felipe dos Pneus (PRTB)
Wendell Lajes (PMN)
Pastor Cavalcante (PROS)
Pará Figueiredo (PSL)