UFMA lança editais para alunos receberem tabletes e chips para ensino remoto

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) lançou, nesta segunda-feira (27), dois editais de Auxílio Inclusão Digital para alunos regularmente matriculados nos cursos de graduação presenciais da instituição. Os editais correspondem a duas modalidades de auxílio:

Empréstimo de tablets com acesso à internet
Pacote de dados para acesso à internet, que pode ser utilizado em aparelhos celulares

Segundo a UFMA, a finalidade é proporcionar aos estudantes condições de acesso aos meios tecnológicos (equipamentos) e técnicos (internet), para a realização das atividades remotas do calendário acadêmico, para que não haja prejuízo no ensino.

O Auxílio Inclusão Digital foi lançado após a aprovação do calendário acadêmico em formato de ensino emergencial remoto (para os cursos que optarem somente pelo ensino remoto) e híbrido (para algumas áreas que necessitam de parte das aulas presenciais e outra parte podem ser remotas).

A UFMA decidiu que o semestre 2020.1 terá aulas de 14 de setembro a 19 de dezembro deste ano. Já o segundo semestre começa no dia 8 de fevereiro e vai até 30 de abril de 2021.


Empréstimo de tablet


Os discentes beneficiados pelo edital modalidade plena (empréstimo de tablet) receberão o auxílio de inclusão digital enquanto durar o período letivo no ano de 2020.

Para inscrição, o discente deverá atualizar os dados pessoais, no Portal do Discente, opção “Meus dados pessoais", localizado na seção da foto do aluno. É necessário atualizar a renda familiar, quantidade de membros do grupo familiar e número de telefone. Se não constar o número do telefone celular, o discente deve deixar a informação em branco.

Pacote de dados

O edital modalidade pacote de dados, para acesso à internet, em consonância com o cronograma da contratação emergencial de pacote de dados móveis do Serviço Móvel Pessoal, é voltado para os estudantes em condição de vulnerabilidade socioeconômica de universidades públicas federais (IFES) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Para solicitar o auxílio, os estudantes que estiverem de acordo com as normas dos editais, terão até o dia 9 de agosto, para acessar o SIGAA, no menu Bolsas/Voluntariado e aderir ao cadastro único, preencher as informações e aceitar as condições de participação.

Após aderir ao cadastro único, é necessário clicar em “Solicitação de Bolsa”, selecionar o auxílio desejado (Auxílio Inclusão Digital I – Pacote de Dados para Acesso à Internet ou Auxílio Inclusão Digital II – Empréstimo de Tablet) e clicar em aceitar os termos para participação na seleção.

Ao se inscrever, o discente deve declarar que não dispõe de acesso à internet compatível às necessidades e não possui equipamento para acompanhar e desenvolver as atividades acadêmicas remotas.


A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) vai contratar o pacote de dados móveis do Serviço Móvel Pessoal (SMP), para os estudantes em condição de vulnerabilidade socioeconômica, de Instituições Federais de Ensino Superior, para o desenvolvimento e continuidade de suas atividades acadêmicas remotas, fora do câmpus de sua instituição de ensino, de forma emergencial, em adaptação e inclusão segura, no contexto da pandemia do novo corona vírus (Covid-19).


Segundo o reitor Natalino Salgado, a UFMA vem desenvolvendo ações a fim de garantir o acesso de todos os estudantes às plataformas digitais.

“Agradeço o empenho de todos que se dedicaram na construção e elaboração desses editais. Diante das incertezas que estamos vivenciando, por conta da pandemia do novo coronavírus, nosso compromisso não encerra aqui. Muitas ações virão. Estamos trabalhando para ampliar a assistencia estudantil, de modo que o aluno estude com qualidade", afirmou o reitor.

Ainda de acordo com Natalino Salgado, o novo calendário da UFMA, que tem início em setembro, é flexível e permite que os alunos e professores criem alternativas, com base na fragilidade que cada um vivencia.

G1MA