Governo não descarta realizar 'carnaval fora de época' em 2021 no Maranhão


O governo do Maranhão não descartou a possibilidade da realização de um 'carnaval fora de época' no estado. Em decreto, assinado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) nesta sexta-feira (22), afirma que uma nova data será estabelecida em breve, tendo como base a situação sanitária da pandemia de Covid-19 no estado.

O documento assinado nesta sexta também suspende a realizações de festas de carnaval em janeiro e fevereiro 2021, em ambientes públicos e privados, por conta da pandemia. O anúncio da suspensão da realização de eventos carnaval já havia sido feito na quinta-feira (21), por meio de nova enviada ao G1, pela Secretaria de Estado da Cultura (SECMA).

Além disso, no decreto, o governo diz que ainda vai analisar a adoção do ponto facultativo na segunda e terça-feira de Carnaval, em relação ao serviço público estadual. A decisão será tomada também segundo a evolução do quadro sanitário no estado. Em relação aos municípios, prevalecem as leis ou decretos locais sobre pontos facultativos.

O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) já havia emitido uma recomendação, nesta semana, pedindo o cancelamento de festas e aglomerações durante o carnaval. No pedido, o órgão solicita ainda que sejam negadas licenças e autorizações para demais eventos privados que possam gerar aglomeração no estado.

No Maranhão, só estão autorizadas a realização de festas e eventos com, no máximo, 150 pessoas. A Secretaria de Estado da Cultura (SECMA) informou que a fiscalização é de responsabilidade das prefeituras, da Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa) e da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).