Governador, mantém bares e restaurantes fechados; supermercados e academias também afetados


O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou há pouco a prorrogação, por mais uma semana, do decreto que determina o fechamento de bares e restaurantes em São Luís e Região Metropolitana.

A restrição vale, agora, até o dia 28 de março.

Valem também até está data as restrições de horário de funcionamento do comércio.

Aulas presenciais também estão suspensas nesse período, tanto em escolas, quanto em universidades.

Festas e eventos, de qualquer porte, estarão proibidos.

O comunista também decidiu antecipar o feriado da Adesão do Maranhão à Independência, que seria em 28 de julho, para o dia 26 de março. Com isso, o comércio já não abrirá nesse dia. Além disso, nos dias 27 e 28, atividades não essenciais também devem permanecer fechadas.

Outra medida é a obrigatoriedade de suspensão das cirurgias eletivas na rede privada de saúde do Maranhão. Durante a semana, o Blog do Gilberto Léda mostrou que o Hospital São Domingos seguia realizando procedimentos não urgentes ou emergenciais (reveja).

O novo decreto também abrange a construção civil academias de supermercados.

AS obras devem ser finalizadas as 16h. Academia e supermercados só podem funcionar com 50% da sua ocupação total.